top of page

Qual o próximo passo depois da CORAGEM?

Atualizado: 17 de out. de 2022

Você já se perguntou o porquê de muitas vezes não dar ouvidos à sua coragem, quando ela resolve conversar com você?


Talvez não tenhamos clareza do próximo passo e não consigamos enxergar aonde aquilo vai dar...aí a coisa fica feia.


E eu te conto que depois é preciso ESTRUTURA.


Ela é a base para a confiança em si, pois ali você consegue enxergar e começar a acreditar no seu potencial. Até para saltar de paraquedas você tem um sistema de segurança que te traz a sensação de que é possível voar. Você também pode contar com instrutores pelo caminho, com a torcida que incentiva e vai só pra te assistir. Mas pode ser que você não tenha com quem contar.


Então o que irá garantir que a coragem seja realizada, é a estrutura. É lindo sonhar, mais lindo ainda é quando você se põe em ação para se dedicar a estes sonhos. Todas as pessoas bem sucedidas tiveram que montar as suas próprias estratégias, com mais ou menos ajuda. Se você confia, sente que é pra você e dá um jeito de acessar a fé em si mesmo, o COMO vai te encontrar no caminho. Trace planos para você. É mais fácil reclamar que não há nada quando não se faz nada, do que realmente se dedicar ao que supostamente te preenche o coração.


Ou então, seja sincero consigo, preenche mesmo? Aí você chegou à conclusão que sim. E agora, o quanto você está disposto a se entregar? A deixar garantias de lado? A começar a desenhar o seu propósito e trazer ele para a realidade?


Essa dinâmica da concretização acontece no nosso Mapa Natal, quando começamos a olhar aonde está posicionado o planeta Saturno. Tendo essa consciência, ali sabemos, naquela área em específico, o que é preciso que seja feito, para materializar as nossas ambições nesse mundo concreto. Não negligencie essa capacidade de manifestar os seus sonhos. É sempre mais fácil querer o bônus sem o ônus. E Saturno é o responsável por esse puxão de orelha necessário. Quando aquela área não está sendo vista, o que sobra, é somente aquela sensação de cobrança, de estar sendo restringido das suas vontades. E a partir daí, quando começar a doer na sua liberdade, finalmente você dará os passos, mesmo que truculentos e sem consciência, mas é o grito de que não aguenta mais.


Somos seres materiais, vivendo em um mundo material e cheios de sonhos, que julgamos impossíveis antes mesmo de olharmos as possibilidades ao redor. Ainda bem que os mais "loucos" ouviram seus corações batendo forte e tiveram a coragem de ir atrás de estruturá-los.

Um avião que nos desse a capacidade de voar não nasceu sem antes ser desenhado, calculado e visto com as lentes de contato materiais. Assim como a energia elétrica através de uma lâmpada não chegou "do nada" sem antes ter sido estudada e testada a química dos materiais. E como estes, tantos outros desafiaram o impossível para trazerem seus sonhos à este mundo concreto. A ação e o movimento é nossa responsabilidade.


Deseja sair hoje de onde está? Seguir o seu coração? Comece a desenhar o seu plano, comece pelos pequenos passos que precisa dar, aqueles que já enxerga, que te torna mais próximo do que busca. Não deixe a descrença te atingir antes da esperança do campo de possibilidades.

O problema é dinheiro? Comece juntando a máxima quantia por mês que puder, com a intenção "Essa quantidade vai contribuir para a realização dos meus sonhos". O problema é não saber o que fazer? Comece estudando assuntos diferentes dos que têm buscado hoje, expanda os seus horizontes. O problema é não saber pra onde ir? Comece trazendo para a consciência os lugares onde já sabe que não quer estar. O problema é sair de uma relação que não te cabe mais? Comece a amar a si mesmo, e, se estiver muito nublado por aí, procure ajuda de alguém profissional que possa te colocar em mais contato com a sua reintegração.


Mas principalmente, comece a deixar de lado as críticas que vêm dos seus próprios complexos e dos julgamentos de quem não vive em seu mundo interno. Isso já o próximo passo, já é a estrutura que procede a coragem. Uma vez dado o passo, o chão vai se moldando, em formas nunca antes imaginadas. Cada um tem o poder de fazer sua própria luz brilhar.


A real pergunta é:

  • O quanto você está disposto a sustentar os seus sonhos?

  • E o quanto já tem se colocado disposto a sustentar as suas correntes?




15 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page